17/08/2017

Tecnopuc Experience 2017


Tecnopuc abre as portas e realiza evento interativo

Segunda edição do Tecnopuc Experience terá evento do capítulo Porto Alegre da Singularity University, inauguração do Espaço de Coworking, selo poa.hub e Innovation Tour da Innoscience


Foto: Divulgação


No dia 24 de agosto, das 10h às 18h, será realizada a segunda edição do Tecnopuc Experience. O evento é gratuito e tem como foco proporcionar experiências para a comunidade acadêmica e para o público em geral, a partir de bate-papos, workshops, mostras e atividades ao ar livre propostas por empresas do Tecnopuc, comunidade acadêmica e do mercado. Neste ano, o Experience terá evento do capítulo Porto Alegre da Singularity University, na parte da manhã e, à tarde, ocorre o Innovation Tour da Innoscience com o presidente do banco Agiplan, Marciano Testa, e com Marcelo Maisonnave, fundador da XP Investimentos. Todas as atrações do evento estão divididas em três experiências: Exchange, que concentra bate-papos, workshops e oficinas relacionadas à negócios; Life, que conta com atividades voltadas à saúde, à qualidade de vida e ao bem-estar; Street, que terá atividades ao ar livre como slackline, tabelas de basquete, quadras de vôlei e foodtrucks e apresentação do PUCRS Live, com performances de violino, piano e DJ. A programação completa do Tecnopuc Experience e links para inscrição podem ser encontrados clicando aqui.

Espaço de coworking para startups e selo poa.hub

Em paralelo à programação, será inaugurado o Espaço de Coworking da Raiar, que fica no Tecnopuc e já conta com empresas das mais diversas áreas. Segundo a Pró-Reitora de Pesquisa, Inovação e Desenvolvimento da PUCRS, Carla Bonan, o Coworking consiste em um espaço no ecossistema de inovação, que representa muito mais do que uma nova forma de se relacionar com o ambiente de trabalho. “Além do compartilhamento de recursos, um ambiente desta natureza se caracteriza pela sinergia que se desenvolve quando pessoas de diferentes áreas interagem no mesmo espaço, gerando um fluxo intenso de troca de ideias, colaboração e networking”, diz.

A diretora de Inovação e Desenvolvimento da Universidade, Gabriela Ferreira, complementa, lembrando que o Coworking se constitui em mais uma peça do ecossistema de inovação da PUCRS que vem sendo construído ao longo dos últimos15 anos. “Ele faz parte de uma visão moderna de desenvolvimento de startups que tem na colaboração um elemento fundamental. Mais que um espaço físico diferenciado, ele é um novo conceito de trabalho fundamental para criar um ambiente vibrante como queremos", pondera.

Para o gerente da Raiar, Leandro Pompermaier, o Coworking passa a ser também a porta de entrada no Tecnopuc para empresas nascentes, cujo objetivo é fazer com que os empreendedores tornem a interação e a colaboração entre seus negócios evidente, interagindo ainda mais com os diferentes agentes do ecossistema do Parque. Pompermaier acrescenta que, além do layout contemporâneo, o espaço colaborativo criado dentro de um ecossistema de inovação, proporcionandonetworking, participação em eventos, internacionalização, softlanding nacional e maker spacetornam o ambiente único. “A ausência de paredes faz com que os empresários possam se auxiliar diante de dificuldades diárias, já que cada empresa possuiexpertise diferente em áreas como tecnologia, comunicação, fintech, desenvolvimento de sistemas, educação para cidadania, relacionamento entre empresas e desenvolvimento de líderes e empreendedores”, diz.

O lançamento oficial do Espaço de Coworking marca ainda a adesão do Tecnopuc ao selo poa.hub, que visa unir o conhecimento da Universidade e do Parque à infraestrutura da Capital, a fim de evoluir o aspecto de inovação na cidade gaúcha. De acordo com o diretor do Tecnopuc, Rafael Prikladnicki, Porto Alegre conta hoje com diversos ambientes de inovação e mecanismos de apoio ao empreendedorismo e a prefeitura “foi muito feliz” em propor uma forma de conectar esses espaços por meio da rede poa.hub. “Aderir ao programa é um caminho natural para o Tecnopuc, através do seu ambiente de coworking. Com isso acreditamos estar contribuindo para uma cidade mais abundante em termos de empreendedorismo e inovação, com colaboração, troca e geração de valor”, ressalta.

Prikladnicki acrescenta ainda que o Coworking completa o conjunto de espaços do Global Tecnopuc, um prédio construído com foco em colaboração e networking e que reforça o conceito e a importância de continuamente desenvolver o ecossistema.